Prefeitura Municipal de São Francisco do Glória

São Francisco do Glória, 23 de novembro de 2017 Atendimento
Você sabia? Que o Município de São Francisco do Glória já se chamou São Francisco das Esteiras?
Imprimir Email

Notícias

Atendimento itinerante da Justiça Eleitoral em São Francisco do Glória

por Assessoria de Comunicação

20/10/2017 10:16

Atendimento itinerante da Justiça Eleitoral

Atendimento itinerante da Justiça Eleitoral

A fim de promover a cidadania e o maior acesso aos serviços prestados, a Justiça Eleitoral, através de um itinerante, realizará atendimento itinerante com instalação de posto móvel de atendimento ao eleitor da ÁREA URBANA e RURAL do município de São Francisco do Glória/MG, nos dias 23, 24, 25, 26 e 27 de Outubro de 2017, na antiga Prefeitura de São Francisco do Glória, atual Secretaria Municipal de Cultura, localizada à Rua Virgílio Pedrosa, nº 5, perto do Banco Sicoob. No dia 23, segunda-feira, o atendimento tem início às 12 horas, nos outros dias de 10 horas às 12 horas e de 13 horas às 16 horas.

 Serão efetuadas as operações de alistamento, revisão, 2ª via ou transferência do título de eleitor, bem como regularização de pendências e emissão de certidões.

Os jovens de 16 a 18 anos que ainda não possuem título eleitoral já podem se alistar e participar ativamente do processo eleitoral de 2018.

Documentos necessários:

*Título eleitoral, se o possuir, para as operações de recadastramento biométrico, revisão, transferência e emissão de certidões;

*Certificado de alistamento militar (para homens entre 18 e 45 anos que vão tirar o título pela primeira vez);

*Documento oficial de identificação com foto (exceto CNH, para alistamento), sem abreviaturas;

*Certidão de nascimento ou casamento, para os casos em que no documento oficial de identificação constar nomes abreviados e ausência de documento oficial com foto;

*Comprovante de residência recente, nos casos e revisão e comprovante de residência anterior ao mês de julho, e no máximo julho de 2016, para os casos de transferência de título;

O comprovante de residência deverá estar em nome do próprio eleitor, cônjuge ou companheiro, genitores, avós, irmãos, cuja relação de parentesco deverá ser comprovada documentalmente no ato do requerimento.



Matérias relacionadas

    Final do corpo do documento e conteúdo da página